CAPADOCIA – Porcelana de Avanos e o Castelo de Uçhisar

Porcelanas em Avanos

A cerâmica é uma atividade muito antiga na região da Capadocia e conhecer um de seus ateliers era uma vontade. Novamente recorremos ao hotel para informações de onde ir e eles além de nos indicarem o local também nos levaram até lá.

O vilarejo de Avanos é o principal centro da região com diversas lojas e produtores.

A cerâmica que visitamos, Ömürlü Ceramics, foi fundada em 1807 e ainda hoje é um negócio familiar. Muito mais que um trabalho que passa de pai para filho, eu diria que o ofício de ceramista faz parte da cultura local.

Avanos - Cerâmica Ömürlü

Avanos – Cerâmica Ömürlü

Ao chegarmos, fomos recepcionados por um turco que falava português (casado com uma brasileira que ele conheceu na internet) e que foi o nosso guia. Ele nos explicou um pouco sobre a tradição da cerâmica, como passa de pai para filho, de geração em geração. Disse também que em Avanos, o barro é retirado do rio e não é um barro marrom, mas sim um barro branco que deixa a cerâmica mais nobre.

Um ceramista demonstrou o processo manual de fazer um vaso. Neste processo, ele é o responsável por manter o suporte girando, ao passo que na produção das peças isso já é automatizado. O barro usado para a demonstração é o marrom.

Ceramista em Avanos

Ceramista em Avanos – o mestre e …

Eu me aventurei a tentar fazer um “vasinho”, mas no final desandou. De qualquer forma, adorei a experiência!

... a aprendiz

… a aprendiz

Continuando, fomos levados a uma sala onde os artistas e os aprendizes fazem os desenhos e as pinturas, tudo manual. O final da visita termina na loja, que é enorme.

A loja é dividida em duas partes: as peças feitas por mestres ceramistas e as feitas por aprendizes. As primeiras são caríssimas, peças finas, decorativas. As segundas são mais baratas e onde os turistas realmente fazem suas compras. O preço exposto nas peças não é o preço final e pudemos perceber que o desconto é diferente para cada tipo de turista, acho que vai de acordo com a vontade do seu guia. Não vá pensando que é tudo uma pechincha, mesmo depois dos descontos as peças custam caro. Vai do bolso e prazer de cada um o quanto comprar. Aviso que, para quem gosta de cerâmica é uma tentação. Dá vontade de comprar tudo e para ajudar eles entregam no Brasil.

 

Omurlu Ceramics - Avanos

Omurlu Ceramics – Avanos

 

Uçhisar e seu castelo

Depois da visita a cerâmica em Avanos, fomos para Uçhisar. Uçhisar é uma vila onde fica o Vale das Pombas e o Castelo de Uçhisar.

Resolvemos não fazer a caminhada no vale, ao invés disso, seguimos para o castelo apenas tendo o vale como visual. Se você gostar de caminhadas, sei que é possível chegar até Goreme pelo vale, distante 4 km aproximadamente. Infelizmente essa ficou para uma próxima.

Castelo de Uchisar e o vale das pombas

Castelo de Uchisar e o vale das pombas

O castelo data dos séculos XII e XII e é uma fortaleza natural escavada na pedra. Ponto mais alto da Capadocia, o castelo possui muitas salas que antigamente tinham os mais variados usos (depósitos, tumbas, adegas, moradias e por aí vai). Foi usado pelos romanos como torre de observação e defesa.

Entrada do castelo de Uçhisar

Entrada do castelo de Uçhisar

A entrada ao castelo custa 3 liras turcas e você chega ao topo por escadas que o contornam. O acesso às câmaras do castelo propriamente ditas, não é permitido, creio que por questões de segurança relacionadas a constante erosão.

Subindo - castelo de Uchisar

Subindo – castelo de Uchisar

Ao chegar ao cume a visão é panorâmica. Magnífico! Avista-se os vales, as vilas, os museus de Zelve e Goreme, os vulcões que originaram a Capadocia. Vale a pena!

Visual do topo do Castelo de Uçhisar

Os vales da Capadocia vistos do topo do Castelo de Uçhisar

Castelo de Uchisar - no topo

Castelo de Uchisar – no topo