SALZBURGO, A Terra Natal de Mozart

Depois de subirmos no monte Zugspitze, no topo da Alemanha, seguimos viagem para Salzburgo na Áustria. Situada quase na fronteira entre os dois países Salzburgo tem ares de Alemanha com o charme austríaco! A partir de Garmish-Partenkirchen são 185km para o leste.

Local do nascimento de Mozart, Salzburgo é charmosa, musical, com um Centro Histórico que é Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. A arquitetura do centro histórico de Salzburgo é predominantemente barroca graças ao trabalho de dois arquitetos italianos; Vincenzo Scamozzi e Santini Solari.

O Rio Salzach divide Salzburgo em Cidade Velha e Cidade Nova. A Cidade Velha, como o próprio nome diz é onde se concentra a maior parte de prédios e ruas históricas. Um mimo de lugar!

Salzburgo - cidade velha

Salzburgo – cidade velha

Apesar de ser a 4ª maior cidade da Áustria ela está longe de ser uma cidade grande, ao menos a parte turística pode ser facilmente percorrida a pé. Chegamos num final de tarde e ficamos por uma noite.

A Cidade Nova, não menos interessante, é onde ficam boa parte dos hotéis, o Palácio Mirabell e seu belíssimo jardim, a casa onde Mozart viveu e que hoje é um museu dedicado a ele. Ficamos hospedados no BW Hotel IMLAUER & Hotel Bräu na Rua Rainerstrasse muito próximo ao Palácio Mirabell.

Salzburgo - Palácio e Jardim Mirabell

Salzburgo – Palácio e Jardim Mirabell

Na tarde de nossa chegada caminhamos bastante pela cidade, passando pelos Jardins do Palácio Mirabell, cruzando para a Cidade Velha pela ponte dos cadeados, nos perdendo por seu centrinho cheio de ruas de paralelepípedos, estreitas e longas. Delícia!

Salzburgo - Vista do castelo de a partir do Jardim Mirabell

Salzburgo – Vista do castelo de a partir do Jardim Mirabell

Na manha seguinte fomos direto visitar a casa onde Mozart viveu de 1773 a 1780 e onde seu pai faleceu em 1787. O lugar hoje é um museu. Documentos originais, como cartas e recortes de jornais estão expostos em diversos quartos e contam a história do gênio e sua família. Além disso, o acervo conta com pianos onde ele costumava tocar, e é possível ouvir algumas de suas composições no audio-guide. A visita é inspiradora! Muita coisa em Salzburgo é dedicada a seu mais ilustre filho.

ATENÇÃO: Há duas casas de Mozart em Salzburg. A mais visitada não é esta que fomos e sim a casa onde ele nasceu (Mozarts Geburtshaus) na Cidade Velha. O museu que visitamos, conhecido por Mozart Residenz, fica na Cidade Nova.

Salzburgo _ Rio Scal e o Castelo

Salzburgo _ Rio Salzach e o Castelo ao fundo

A visita ao Castelo de Salzburgo, de nome Hohensalzburg, eu diria que é imperdível, principalmente pela vista impecável da cidade e do rio. A partir do Centro Antigo é possível subir caminhando e já aproveitando o visual, foi o que fizemos. A outra forma de acesso ao Castelo é pelo funicular. Assim que você entra no perímetro do castelo há um barzinho muito gostoso, parada estratégica para uma cerveja austríaca, a deliciosa Stiegl. Tem bastante coisa para visitar no castelo, priorize o que for mais interessante para você!

Salzburgo - dentro do castelo

Salzburgo – dentro do castelo

Salzburgo - Vista do castelo, Rio Salzach

Salzburgo – Vista do castelo, Rio Salzach

Salzburgo - dentro do castelo

Salzburgo – dentro do castelo

A descida de volta a Cidade Velha também é muito aprazível! Depois da visita ao castelo voltamos a pé para nosso hotel para pegarmos o carro e seguimos viagem para Munique de onde voamos para Praga na manhã seguinte. Assunto para o próximo post!

Salzburgo - na trilha que leva ao castelo

Salzburgo – na trilha que leva ao castelo