Serra da Canastra – Dicas Práticas e a Pousada Fazendinha da Canastra

Tudo começou com o convite do meu cunhado para passarmos uns dias na Serra da Canastra no início de julho/2015. Na mesma hora me empolguei e conseguimos achar uma data que funcionasse para todos. Então comecei as pesquisas básicas sobre quantos dias, onde ficar, o que fazer.

A Serra é grande e existem várias núcleos. Nosso interesse era conhecer o Parque Nacional da Serra da Canastra e as fazendas produtoras do queijo canastra. Pesquisando, descobri que para isso a melhor base era a cidade de São Roque de Minas onde fica uma das entradas do parque.

No quesito hospedagem as opiniões dos blogs que eu li eram unanimes, Pousada Fazendinha da Canastra em Vargem Bonita (pertinho de São Roque de Minas). Não esquentamos a cabeça procurando alternativas e decidimos ficar lá mesmo.

Serra da Canastra – O que você precisa saber antes de ir?

Distância de São Paulo: 506km em aproximadamente 6:30hs de viagem

Melhor época para ir: inverno por causa da seca

Quantos dias ficar: no mínimo 2 dias, 1 para a parte baixa e outro para a parte alta do parque; sendo que há passeios e atividades para muito mais. Ficamos 4 dias inteiros.

O carro: os passeios são todos em estradas de terra e dependendo das condições é aconselhável veículo 4X4. No inverno a estrada fica boa pois chove pouco e tinha todo quanto é tipo de carro por lá. Informe-se antes de viajar.

Porque visitar a Serra da Canastra: é aqui que fica a nascente do Rio São Francisco, vistas maravilhosas, cachoeiras, o queijo mais famoso do Brasil, comida mineira estão entre algumas das razões.


Sobre a Pousada Fazendinha da Canastra

Localizada numa estrada de terra distante 6km da pequena cidade de Vargem Bonita, os chalés não possuem TV nem frigobar, mas têm wi-fi e uma rede na varanda. Fomos orientados pelo Vicente, dono da pousada, a levar edredon, pois a noite esfria bastante e eles só possuem cobertores. Levamos também nossos travesseiros e toalhas extras para os passeios.

Pousada Fazendinha da Canastra - nosso quarto e nossa rede

Pousada Fazendinha da Canastra – nosso quarto e nossa rede

A Fazendinha da Canastra é uma pousada simples e de administração familiar e é nisso que mora o seu charme. O Vicente e a Silmar são uma enciclopédia sobre a região e estão sempre dispostos a ajudar seus hóspedes a decidir seus roteiros. Alguns passeios são aconselháveis fazer em carro 4X4. Se o seu carro não estiver nessa categoria saiba que o Vicente organiza passeios em carro próprio. Esses passeios são pagos a parte. No nosso caso estávamos com meu cunhado que tem um Troller. Todas as noites, conversávamos com o Vicente para decidirmos o destino do dia seguinte. Ele então fornecia um mapa com explicações e pontos de referências durante o trajeto facilitando muito a vida do viajante independente.

Pousada Fazendinha da Canastra

Pousada Fazendinha da Canastra em Vargem Bonita – MG

  • Dica: Confie nas dicas do Vicente e principalmente em seus mapas. Munidos dessas ferramentas não há como se perder. Além do mais o povo mineiro é extremamente hospitaleiro e estão sempre prontos para ajudar.
Pousada Fazendinha da Canastra em Vargem Bonita, MG

Pousada Fazendinha da Canastra em Vargem Bonita, MG

O nosso dia começava com um maravilhoso café da manhã. Imagine: um fogão a lenha com pão de queijo quentinho, uma chapa para você fazer seu próprio ovo, derreter seu queijo canastra, esquentar seu pão. Numa mesa; sequilhos, broas, biscoito de polvilho, bolos, suco natural, mais queijo, frutas. Tudo isso feito lá mesmo. Sensacional! Não há maneira melhor para começar o dia. Aqui, o importante não é comer para matar a fome, mas saborear tranquilamente cada um desses mimos tão únicos que só a cozinha mineira pode fazer por você.

Café da manhã na Pousada Fazendinha da Canastra

Café da manhã na Pousada Fazendinha da Canastra

O jantar é outra covardia. Esqueça o regime e mergulhe de cabeça na gordura saborosa dos pratos mineiros. Polenta, frango com quiabo, vaca atolada, torresmo, feijão tropeiro, abóbora, bolinho de arroz. Nas cinco noites que estivemos lá pudemos experimentar todas essas delícias e muito mais. Todas as noites antes do jantar jogamos alguma coisa e bebemos um vinho. Delícia! As bebidas do jantar você retira do frezzer e marca na comanda do seu chalé, tudo na base da confiança.

  • Dica: a pousada não vende vinho e você pode levar o seu. Eles têm taças e saca rolhas.

Quanto custou: em julho/2015 a diária para o casal com o café da manhã incluído custava R$200,00 e o jantar R$30,00 por pessoa. Eles não servem almoço. Para reservar a pousada você precisará ligar ou enviar email, não sistema de reservas online. Clique aqui para visitar o site da pousada.

  • Dica: em Vargem Bonita tem um supermercado, compre água e comidinhas para levar no passeio do dia seguinte. Não há opções de restaurantes para o jantar. Caso decida por não jantar na pousada terá que ir até São Roque de Minas (18km de distância) e dependendo do dia da semana as opções podem ser bem limitadas. Meu conselho: jante na pousada!
Pousada Fazendinha da Canastra logo de manhã cedinho

Pousada Fazendinha da Canastra logo de manhã cedinho

Próximo a Fazendinha da Canastra têm outras pousadas e o curioso é que enquanto a Fazendinha estava lotada as demais pousadas estavam vazias. Conversando com o Vicente ele nos disse que há muitas pousadas que recebem grupos de motocross e jipeiros e isso afasta o turista comum. Lá na Fazendinha o ambiente é familiar.

Viajamos em dois carros, eu, Rafa e meu sogro e sogra no nosso carro e o Denis com a Lígia e o Rubens no Troller. Chegamos na pousada por volta das 16:00hs e ainda deu tempo de fazer uma caminhada até o Rio São Francisco cruzando pela Ponte Pensil. Trilha de uns 20 minutinhos bem tranquila e prazerosa, no caminho muitos bois e cachorros. Só o corajoso do Rafa entrou na água que estava bem gelada. Valeu!

Clique aqui e veja todos os posts sobre a Serra da Canastra.
Serra da Canastra - Ponte pencil sobre o Rio São Francisco

Serra da Canastra – Ponte pencil sobre o Rio São Francisco

Serra da Canastra - o Rafa é quase da mesma cor do solo!!!

Serra da Canastra – o Rafa é quase da mesma cor do solo!!!

Serra da Canastra - Ponte pencil sobre o Rio São Francisco

Serra da Canastra – Ponte pencil sobre o Rio São Francisco